Aeroporto de Guarulhos

O Aeroporto de Guarulhos liga São Paulo a 63 países do mundo, embarcando e desembarcando passageiros para 202 cidades dos cinco continentes, das quais 126 são internacionais e 76 brasileiras.
Pelos Portões de entrada e saída circulam diariamente 30 mil passageiros, além de acompanhantes e visitantes que, somados, representam uma população flutuante próxima de 100 mil pessoas.

Desde sua inauguração, 87.934.239 passageiros utilizaram o Aeroporto de Cumbica – montante quase comparável com a população da Inglaterra. Desde julho de 96, tem-se registrado a média de um milhão de usuários por mês, equivalente aos habitantes de Guarulhos.

Ele perde para Congonhas em número de aeronaves, mas é o primeiro em passageiros no Brasil. A média mensal de combustível gasto é de 129.885.536 litros de querosene, ou seja, 4.329.517 litros por dia, equivalente a quase 144 caminhões-tanque, suficientes para abastecer mais de 2.500 carros por mês.

– Dados:
– Inauguração 20/01/1985
– Área Total 14 Km2 (5 Km de extensão)
– Pistas 02 (uma de 3 mil metros e outra com 3.700)
– Média de Vôos Diários 400
– Empresas Estabelecidas 350
– Funcionários cerca de 30 mil pessoas
– Companhias Aéreas 41
– Terminais 02
– Balcões de Check-in 152
– Salas de Embarque 30
– Portões de Embarque e Desembarque 26
– Lojas e Serviços 132 (nos 3 pavimentos)
– Centro de Convenções 01

O maior aeroporto da América do Sul conta com 370 empresas que empregam quase 30 mil profissionais, além de uma rede comercial com aproximadamente 150 lojas e serviços.

Guarulhos abriga também uma estação aduaneira com mais de 900 mil m² de área alfandegária. Uma ampla e moderna rede hoteleira está à disposição de turistas e viajantes que podem se hospedar com conforto e comodidade.

O sistema rodoviário de Guarulhos prova que a cidade encontra-se estrategicamente posicionada no principal eixo de desenvolvimento do País, formado pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O município é cortado pelas duas principais rodovias federais brasileiras – Presidente Dutra (São Paulo – Rio de Janeiro) e Fernão Dias (São Paulo – Belo Horizonte), além da rodovia estadual Ayrton Senna (acesso ao Vale do Paraíba), no Estado de São Paulo.